Sorrisos

Não basta arrancarmos
Sorrisos do rosto
De quem amamos,
Mas imprescindível torna-se
A necessidade de sempre plantá-los,
Velá-los, irrigá-los,
Pois o tempo inclemente
Exige manutenção constante
Até mesmo do mais precioso metal…

Davi Roballo______________
Anúncios

Olá! Obrigado pela visita.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: