Trago em mim
Todas as folhas, flores e estações
Que colhi nos caminhos
Pelos quais andei,
Mesmo assim,
Sou tudo aquilo que desconheço ser,
Pois sou uma constante metamorfose
Que vaga nua pelas madrugadas,
Banhando-se de lua
Em busca das próprias pegadas…

Davi Roballo___________
Anúncios

Olá! Obrigado pela visita.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: